Sábado, 01 Junho 2013 03:04

Skype: vírus já atingiu 300 mil usuários

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Skype foi atingido, na última segunda-feira (20), por um vírus que já havia infectado o serviço anteriormente, em outubro de 2012. O malware é uma variante do worm Dorkbot que roubava dados pessoais e financeiros do usuário. De acordo com a Kaspersky Lab, o impacto do vírus pode ter sido maior justamente pela migração do MSN para o Skype, o que permitiu que o software ficasse vulnerável ao ataque.

Segundo a análise feita pelo Laboratório de Pesquisas da ESET América Latina, a praga se comporta de forma semelhante ao Worm Win32/Kryptik.BBKB, apresentando uma velocidade de disseminação incomum para esse tipo de ameaça. Já são mais de 300 mil vítimas, 80 mil delas na América Latina, representando 67% das infecções mundiais.

A contaminação se dá através de textos e fotografias enviados através do comunicador instantâneo com o auxílio de encurtadores de URL. Caso uma pessoa clique em um dos endereços falsos, sua máquina é contaminada automaticamente pelo malware, que em seguida se espalha por sua rede de contatos.

Embora já tenha informações detalhadas sobre a praga virtual, a ESET não divulgou quais prejuízos ela pode causar.

No momento, a única recomendação de segurança disponível é a de que os usuários do Skype evitem clicar em qualquer link que contenha o encurtador da Google (goo.gl).

Para manter seus dados e contas protegidos, a empresa russa recomenda aos usuários que não cliquem em links recebidos via Skype, ou analisem os mesmo com bastante cautela. O uso de um bom programa antivírus também ajuda. Também é válido lembrar de trocar a senha do programa após a limpeza.

Fonte: Techtudo, Tecmundo e Eset

Ler 4261 vezes